segunda-feira, outubro 08, 2007

…mais correcto seria impossível !!!! :)

Definição de calorias:
"As calorias são pequenos animais que vivem nos roupeiros e que durante a noite... apertam a roupa das pessoas."

6 comentários:

ppalrao disse...

...a solução seria não ter roupeiro.Os animais nem sempre são os maus da fita...erro de soluço

Chloé disse...

... os animais existem até fora dos armarios, definição; correcta! :)

Ana Sofia Santos disse...

eu cá preferia ler coisas mais picantes...mas pronto

ps: tou farta de ter k pôr as merdas das letras pra te deixar o comentario grrrrrrrrr

Luis Oliveira disse...

Eu até comentava mas nao quero por as letras.. é irritante!

Luis Oliveira disse...

Bolas... acabei por pôr as letras e nem reparei :S Raios pah

Jorge Vargas disse...

Ó Inês, é assim que a Humanidade evoluiu, é assim que as grandes ideias se fazem lâmpadas por cima das nossas cabeças...

Acredita, tu e eu vamos ficar ricos! Qual ricos? Vamos mas é ficar riquíssimos!!! Ainda mais ricos do que o Bill Gates!

Pois estava mesmo a acabar de ler sobre esses estranhos monstrinhos que vivem nos nossos armários e gavetas e, pimba!, tive uma visão. Uma ideia louca, daquelas capazes de mudar o curso da História!

E que tal se nós montássemos uma empresa de caça-calorias? Eu bem disse que era uma ideia genial (também não admira, de um génio como eu só podem vir ideias desse calibre...). Tu farias de relações públicas e angariavas os clientes, coisa que não deve difícil de conseguir, a começar por ti e por mim... Eu seria o caçador. À noitinha, antes de as pessoas pendurarem e arrumarem as roupas, eu escondia-me dentro dos guarda-fatos com duas tampas de panelas e, quando uma caloria fosse atacar uma bela saia ou um exuberante cai-cai, pimba!, ficava toda esborrachada e a espirrar sangue açucarado por todo o lado. Como há milhões de pessoas a queixarem-se dos pneus na barriga, este seria um negócio de sucesso garantido. Ainda por cima porque, em complemento, abriríamos uma rede de pastelarias e casas de doces por todo o planeta. As pessoas iam lá empaturrar-se e depois chamavam-nos para matar as calorias. Ou seja, dávamos o mal e a respectiva cura.

Porra, cada dia que passa fico mais espantado comigo mesmo... Sou mesmo um génio, não há dúvida!!!

Beijinhos e fico à tua espera para discutirmos os pormenores do negócio. Olha lá: de dia, posso ficar à frente de uma das pastelarias a atafulhar-me de bolo de bolacha?

Jorge