segunda-feira, outubro 30, 2006

...sem resposta

1 comentário:

Jorge disse...

Uma coisa verdadeiramente ecológica, sim senhora! Em vez de gastar um recurso precioso (o ferro) usa-se um galo verdadeiro... Não convém é passar ebaixo do catavento, não vá o galináceo entrar numa de diareia, LOLOLOL!

Cócórócócó do

Jorge